× Fale Conosco

Solicite um orçamento sem compromisso!

Enviar via
Ligue para nós! Ligar agora!
Clique aqui para falar conosco!
×
× Envie-nos um E-mail

Por que fazer a troca de óleo?

POR QUE TROCAR O ÓLEO DO CARRO?

A troca de óleo do veículo é necessária para manter a lubrificação do veículo, evitando problemas nas demais peças e gastos indesejados no futuro.

O óleo é um composto por algumas substâncias como os hidrocarbonetos de cadeia longa, aditivos de lubrificação e metais como zinco, fósforo, bário entre outros. 

Hoje, além de saber o porque o óleo tem que estar em dia e sempre limpo, você também entenderá o processo que ele conduz.

QUAL A RESPONSABILIDADE DO ÓLEO?

Como já citado, o óleo tem como dever manter o motor do veículo lubrificado evitando assim:

  • Perda da potência;
  • Corrosão de peças;
  • Ruídos;
  • Superaquecimentos;
  • Desgaste e falhas na partida.

Por conta disso, a troca de óleo é essencial para que o veículo, seja qual for, funcione adequadamente, além de evitar vários incômodos.

Entrando nesse assunto, é  indicado fazer revisão de motor, no mínimo uma vez por ano, para garantir que tudo esteja funcionando em seu maior desempenho.

Frisa-se que, a cada 5.000km rodados, se deve fazer uma verificação. 

A durabilidade da maioria dos óleos gira de 5.000km até 20.000km, levando em conta o tipo de motor do veículo.

Então é indiscutível o fato de se ler o manual do carro antes de comprar o óleo para saber qual é o ideal. 

Mais abaixo será abordado este conteúdo.

Para evitar acúmulo de sujeira e contaminação na nova substância, o filtro deve ser trocado junto na troca.  

Não deve-se misturar produtos de bases diferentes (sintético ou mineral, por exemplo) e não deve-se utilizar o óleo acima ou abaixo do nível recomendado. 

Também não é indicado adicionar aditivos, uma vez que a fabricante já coloca o tanto necessário no frasco.

COMO IDENTIFICAR O ÓLEO?

Existem óleos minerais, sintéticos e semissintéticos, você sabe a diferença entre eles? 

Há classificações para os produtos. São elas: características como temperatura e viscosidade e a origem das matérias primas. 

Vejamos um pouco mais sobre suas origens:

  • MINERAL:

Este vem do petróleo e passa por apenas um tratamento. Por ele ter uma menor validade, uma média de 5.000km.

O uso dele é indicado para carros mais antigos, pois os mesmos já precisam trocar o óleo diversas vezes.

  • SINTÉTICO

Aquele que é 100% produzido em laboratório, o porquê de seu nome. 

Ele foi criado para durar mais e ter uma resistência maior, como para automóveis que passam mais tempo na estrada que o “normal”. 

Rende de 15.000 km a 20.000 km.

  • SEMISSINTÉTICO

É a mistura dos dois, que proporciona a resistência e a viscosidade equilibradas para quem quer conforto.

Lembrando que o certo sempre é seguir o manual de cada veículo, pois cada um tem suas especificações.

É importante conhecê-las, pois nem sempre as instruções do produto se adaptam ao automóvel. 

POR ONDE PASSA O ÓLEO?

Para cumprir seu dever, existe um caminho a percorrer. Te contarei quais são as peças utilizadas na operação:

CÁRTER DO MOTOR:

Sua função é manter o nível correto de óleo para que haja lubrificação em todo o motor. 

É onde se “guarda” o óleo e é feito de liga metálica. 

Cada automóvel tem sua quantidade correta, um navio por exemplo, pode armazenar até 500L de óleo.

BOMBA DE ÓLEO:

Se encontra no eixo central, com uma hélice que impulsiona o óleo para o sistema.

Assim ele é direcionado por canais e pressionado por uma válvula de alívio.

FILTRO DE ÓLEO:

A peça que exige uma troca com mais frequência, é responsável por filtrar as impurezas dos óleos para manter a lubrificação mais pura possível. 

Ele fica na saída da bomba para um filtro melhor.

PESCADOR DE ÓLEO:

Um cano de metal ligado à bomba que vai até o cárter coletar o óleo, também muito conhecido como “peneira”.

INTERRUPTOR DE PRESSÃO DE ÓLEO:

Dispositivo que avisa ao motorista através de sinal de alerta ou sonoro, ou ambos, se há pouco óleo para que não haja falhas no motor.

TROCA DE ÓLEO NO AMIGÃO PNEUS

Assim, ao realizar a troca, busque empresas confiáveis como a Amigão Pneus, referência em Centro Automotivo em Curitiba.

Empresa que trabalha somente com marcas reconhecidas pelo mercado, de excelente procedência e de altíssima qualidade. 

Também oferecemos um variado leque de opções de serviços para seu veículo:

Tá procurando um Centro Automotivo em Curitiba que seja super profissional, eficaz e com preço que cabe no seu bolso? 

O Amigão Pneus é especialista quando o assunto é troca de óleo em Curitiba.



Deixe uma resposta