× Fale Conosco

Solicite um orçamento sem compromisso!

Enviar via
Ligue para nós! Ligar agora!
Clique aqui para falar conosco!
×
× Envie-nos um E-mail

Quando trocar os pneus?

Realizar a revisão e a troca de pneus sempre que necessário é uma das melhores formas de garantir o funcionamento adequado do veículo e a segurança de motorista e passageiros.

Automóveis de variados portes têm suas peças desgastadas com o tempo, principalmente quando seu uso é contínuo. Por essa razão, é necessário realizar revisões periódicas para avaliar se todo os sistemas estão em perfeito estado e funcionamento.

E um dos componentes que devem ser analisados detalhadamente são os pneus. Inicialmente, para prolongar sua vida útil, é necessário comprar o produto de marcas de referência como a Bridgestone, conhecida por sua alta qualidade e resistência.

Além disso, recomenda-se evitar o tráfego por buracos ou terrenos irregulares (prejudicam também outras peças como suspensão, câmbio e embreagem) para aumentar sua durabilidade. Entretanto, mesmo com cuidados é necessário realizar a troca de pneus, seja depois do tempo estimado de duração ou  quando há os seguintes sinais:

  • furos, bolhas ou saliências na superfície, o que indica deformações;
  • excesso de vibração ou trepidação durante o funcionamento do veículo;
  • camada externa do pneu lisa (careca), o que indica que a banda de rodagem está desgastada e que seus sulcos estão com altura menor que 1,6 milímetro, abaixo do ideal;
  • desgaste irregular aparente nas rodas. Alinhamento e balanceamento podem reduzir o desnível entre ambas;
  • patinação do automóvel, principalmente quando o solo está molhado. Quando isso ocorre, o motorista não consegue controlar o veículo, o que pode causar acidentes graves e de grandes proporções.

Por isso, caso haja qualquer um desses indícios, é preciso buscar profissionais experientes e empresas de confiança que avaliarão os pneus e indicarão a melhor opção de reposição.

Cuidados

Há algumas medidas que podem ser tomadas para aumentar a durabilidade do pneu, como:

  • realizar a calibragem regularmente;
  • limpar as rodas e de todos os seus componentes periodicamente, principalmente quando houver acúmulo de resíduos;
  • realizar o rodízio de pneus dianteiros e traseiros, o que melhora a estabilidade e facilita a passagem por curvas;
  • evitar freadas e arranques, uma vez que aumentam o atrito entre a superfície e o solo, desgastando significativamente;
  • não usar pneus usados;
  • atentar-se ao prazo de garantia do produto, pois cada fabricante define o período de duração dos pneus de acordo com sua resistência e qualidade. Para isso, é necessário atentar-se à data que consta em sua área externa, que indica quando foi feita a sua fabricação. Entretanto, pode durar entre 5 e 10 anos, dependendo da velocidade que o veículo anda, a frequência que é usado e em quais terrenos.

Conclusão

Revisar e trocar os pneus deve fazer parte do cronograma de quem tem automóvel, uma vez que não só outras peças podem sofrer danos, mas também a segurança dos passageiros e de outras pessoas pode ser afetada. 

Além disso, ter cuidados desde a escolha da marca até seu uso definirá sua vida útil. Por isso, sempre procure produtos reconhecidos no mercado por sua durabilidade e procure oficinas mecânicas de confiança para realizar o serviço.

Amigão Centro Automotivo

A Amigão é um tradicional Centro Automotivo em Curitiba que preza pela qualidade de todos os serviços prestados. Para isso, contamos com uma equipe de profissionais altamente qualificada e experiente, além de uma infraestrutura moderna e com equipamentos de última geração para realizar balanceamentos e geometria, cambagem, troca de óleo, troca de correia dentada, limpeza de bico, manutenção de câmbio e embreagem e muito mais. Agende um horário e traga seu veículo!


Deixe uma resposta